Newsletter

Pare de gastar dinheiro com ferramentas de BI! Veja 3 ferramentas gratuitas e as vantagens de cada uma delas!

Enviado em: 2018 M11 26
View this email in your browser

Pare de gastar dinheiro com ferramentas de Business Intelligence (BI)!

Fala Data Hacker! Estamos em nossa 45ª edição da nossa newsletter semanal, acredita??? 

Hoje o assunto é para quem não gosta de gastar rios dinheiro em soluções de mercado. Mas todo mundo usa... deve ser bom... Certo? Errado!
O que queremos mostrar é que com a evolução do mercado, diversas empresas estão priorizando soluções in-house ou até mesmo open-source e abandonando soluções de mercado.

Se já utilizamos ferramentas e bibliotecas open-source para analisar dados e para engenharia de dados, por que não utilizar este tipo de ferramenta para substituir as velhas ferramentas de BI?

No post principal de hoje trouxemos um comparativo de 3 das ferramentas de BI open-source mais utilizadas no mercado, com uma análise dos pontos positivos e negativos de cada uma delas. Além disso vamos mostrar como criar um produto de Data Science em apenas 10 dias, e utilizar Data Science para investigar o por que das compras online no Brasil atrasarem tanto! Por fim temos até uma vaga para trabalho remoto em Data Science... Ou seja, temos assunto pra caramba, vamos lá!

JÁ CONHECE O SLACK DO DATA HACKERS?
A imagem ao lado já está ultrapassada, pois nesse exato momento nosso Slack irá atingir 1.300 participantes!!!

Junte-se ao nosso slack para acompanhar em tempo real tudas as novidades do mundo dos dados e ainda ter a oportunidade de conversar diretamente com especialistas de diversas empresas como Nubank, Ebanx, Olist, Hotmart, Pagseguro e muito mais!

Clique aqui para entrar para o nosso Slack!
 

O Veja um comparativo de 3 ferramentas gratuitas de BI muito utilizadas por grandes empresas


Essa dica é para você que ainda utiliza ferramentas de Business Intelligence que cobram licença por usuário! Existe uma luz no fim do túnel... uma não... três!!!

E este post traz uma análise dos principais pontos positivos e negativos em cada uma delas. Falando por exemplo sobre os pontos:
  • Qual a linguagem por trás da ferramenta
  • Em quais fontes de Dados a ferramenta se conecta
  • Quais os tipos de visualização de dados disponíveis
  • Se a ferramenta conta ou não com sistemas de alertas
  • Quais são os níveis de grupos e permissões
  • Como a ferramenta realiza a autenticação
Ou seja, se você trabalha na área de Business Intelligence (BI) ou Data Science esse post é mais um daqueles posts obrigatórios, pois pode te mostrar um caminho totalmente fora do convencional a ser seguido! 
(em português)

Construindo um produto de Data Science em apenas 10 dias


Antes de desistir de clicar nesse link, confie em mim. Isso não é click bait. Estamos falando de entregar um produto de Data Science do inicio ao fim em 10 dias.

Houtao Teng do Intacart mostra na prática, um passo a passo que utilizaram para entregar um produto totalmente Data Driven em apenas 10 dias, numa combinação de processos ágeis e foco da equipe. 
 (em inglês) 

Entenda como a Lyft utiliza Data Science para entender a sazonalidade do mercado de transporte urbano


Se você ainda não conhece, a Lyft é um dos maiores concorrentes da Uber em diversos países, e assim como sua rival, ela também investe pesado em Data Science para obter ganhos competitivos.

Nesse post eles mostram como utilizar análise de séries temporais para compreender a sazonalidade do seu mercado e tentar prever o comportamento futuro do mesmo.
(em inglês)
Construindo uma aplicação de detecção facial em vídeos online
Muita gente acredita que aplicações que detectam faces são impossíveis de serem implementadas, ou que antes disso você vai precisar investir alguns milhões de dólares. Nesse post, Muhammad Rizwan mostra uma aplicação open source em python que promete fazer o trabalho difícil com 99,38% de acurácia! (em inglês)


Como o Air BnB utiliza o Druid para trabalhar com analytics em real time

Novamente o Air BnB da um show em um post sobre engenharia de dados. Dessa vez eles mostram como o Druid é hoje o coração da arquitetura de dados deles, e apresentam quais as vantagens que ele possui em comparação com outras abordagens. (em inglês)
DICA DE CURSO
Deep Learning and Reinforcement Learning Summer School Toronto 2018
Para quem quer focar em cursos mais avançados, neste repositório estão todas as 30 palestras do curso Deep Learning and Reinforcement Learning Summer School Toronto realizado em julho e agosto de 2018. Tem palestras dos mais variados temas, desde o mais básico até tópicos bem avançados. (em inglês)
VAGAS DA SEMANA
Vaga de trabalho remoto
Computer Vision Engineer - NextCode
São Paulo, SP - Mas o trabaho pode ser remoto
Conhecimento em detecção de documentos, detecção de face nos documentos, openCV/Tensor Flow
 
Data Scientist - Strider
Belo Horizonte, MG
Curso superior em computação, matemática computacional ou área técnica (ex: matemática, física, estatística, engenharia) ou experiência profissional equivalente. Diferenciais: Tensor Flow, Apache Spark.
Data Scientist/Inteligência de Mercado - Coca-Cola
São Paulo, SP
Superior completo (Economia, Ciências Atuariais, Física, Matemática, Estatística e afins); Conhecimento SAS (imprescindível); Inglês Avançado ou fluente.
DATA VISUALIZATION DA SEMANA
Fez muitas compras na Black Friday?
Descubra por que os pedidos atrasam no Brasil

Aproveitando a onda da Black Friday o Data Hacker Andre Sionek fez um levantamento extremamente completo de dados do ecommerce brasileiro, e vai mostrar através de visualizações de dados incríveis o por quê das compras online atrasarem tanto no Brasil. Entre as analises, André mostra as regiões em que o frete é mais caro, a variação do tempo médio de entrega em todo o país e muito mais! (em português)
PRÓXIMOS EVENTOS E MEETUPS
 
After Data #1 - Machine Learning
29 de Novembro
Curitiba/PR - Gratuito (Restam apenas 2 vagas)

Digital Product Week
26 a 30 de Novembro
Online - Grátis
*Obs: Não se trata de um evento totalmente focado em Data Science, mas a maioria das palestras vai falar sobre produtos digitais orientados a dados e alguns palestrantes são Data Scientists.

Comunicação na era da Ciência de Dados
05 de Dezembro
São Paulo/SP - R$ 250 ~ R$ 500

P̶r̶i̶m̶e̶i̶r̶o̶ Encontro Brasileiro de Data Science
10 e 11 de Dezembro
São Paulo/SP - R$ 100 ~ R$ 200
Facebook
Site
LinkedIn
Twitter
Medium
Copyright © *|CURRENT_YEAR|* datahackers.com.br.

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.